segunda-feira, 27 de julho de 2015

Comunicado

                                                     


                       COMUNICADO

Estaremos ausentes de 27/7 a 1º/8. Voltaremos as postagens em 03/8/15.
Até.

sábado, 25 de julho de 2015

"UBÁ NOTÍCIAS" POSTAGEM Nº1407 - ANO 5

         
                         



Lígia Aroeira Ferreira


FIQUE POR DENTRO

LANÇAMENTO DE LIVRO

Lançamento de obras de dois ubaenses queridos: o saudoso Dr. Euclides Mendonça - "Fios e Meadas" e de Maria Luíza Ervilha - " Boneca de Pano", em evento organizado pela AULE - Academia Ubaense de Letras.

Colaboração: Miucha T. Girardi



Elza Marcato



EM DIA COM A NOTÍCIA




CURSO DE INFORMÁTICA
Foto de Câmara Municipal de Ubá.
A Câmara Municipal de Ubá  por meio da Escola do Legislativo e em parceria com a UAITEC iniciou uma nova atividade a favor da cidadania e da inclusão: aulas gratuitas de informática.
O curso é realizado às terças-feiras e já conta com três turmas: senhoras, algumas residentes no Asilo São Vicente de Paula; crianças com idade entre 9 a 12 anos, moradoras da Casa da Criança; e uma recém-formada turma mista, composta por servidores da Câmara e outros alunos da comunidade.

As aulas são ministradas pelo professor de informática Thiago Araújo e pelo servidor da Câmara Jardel Peron.

Fonte: CMU



Márcia Aroeira Barbosa



FOTOS E FATOS



GRANDES MÚSICOS 

Lim e Mônica Barletta
                            ESPAÇO ABERTO
É como um sonho encantado
que não termina jamais:
Ubá meu berço incrustado
dentro de Minas Gerais.
                                       Olympio Coutinho
__________________________________________________________________________
Este blog é para integração dos ubaenses. Mande suas notícias, fotos, mensagens...
Email: ubanoticias@gmail.com
___________________________________________________________________ 
ARREDORES - LEOPOLDINA
Como vem acontecendo desde 1991, a cidade de Leopoldina começa a se preparar para as homenagens especiais ao poeta Augusto dos Anjos através do Concurso Nacional de Poesias que leva seu nome. 

Repetindo a parceria de 2014, a Secretaria Municipal de Cultura de Leopoldina e a Academia Leopoldinense de Letras e Artes estão organizando o evento 2015, cujo Edital anexamos. As inscrições serão abertas no dia 1 de agosto e a final será realizada no dia 13 de novembro.

Solicitamos o obséquio de dar ampla divulgação.

Atenciosas Saudações,
​Nilza Cantoni​


Academia Leopoldinense de Letras e Arteswww.academialeopoldinense.net
___________________________________________________________________
Como proceder para postar mensagem nos "Comentários" desta página:
-Clicar em "nenhum comentário"
-Clicar em "digite" (escreva na janela aberta)
-Clicar logo abaixo em "comentar como" (aparece várias opções - clicar em "nome/URL")
-Aparece espaço para colocar o nome da pessoa que fez o comentário
___________________________________________________________________


sexta-feira, 24 de julho de 2015

"UBÁ NOTÍCIAS" POSTAGEM Nº1406 - ANO 5

         
                         



Lígia Aroeira Ferreira


FIQUE POR DENTRO


D.CHIQUITA FERREIRA  BARROS

Comemorou seus bem vividos 91 anos no último dia 21

Francisca Ferreira Barros é natural de Conceição do Turvo (atual município de Senador Firmino). Filha de uma quituteira famosa na cidade chamada Dona Mulata e do comerciante Sr. Juvenal Dias.
Francisca casou-se com Rubens Carneiro de Barros em 1948 e o casal teve nove (09) filhos: Rosemary, Maria José, Rubens Filho, Rogério (Torra), Levindo, Maria Elizabeth (Beth), Roberto (in memoriam), Ronaldo e Maria Tereza.
Dona Chiquita como é conhecida pelos familiares e amigos é costureira aposentada e ainda conserva a tradição de sua Mãe Dona Mulata nos quitutes de forno e fogão.
Dona Chiquita é devota de Nossa Senhora do Perpétuo Socorro (como seu marido Rubens) e do Divino Pai Eterno.




Elza Marcato



EM DIA COM A NOTÍCIA

CARINHO DE AMIGO
20 de julho, comemoramos o Dia do Amigo, aquele que é para "se guardar no lado esquerdo do peito"

Quem cultiva uma amizade,
dentro do seu coração
pode morrer de saudade,
mas nunca de solidão.

Este abismo que o rancor
instalou na humanidade
só poderemos transpor
pela ponte da amizade.,
Por roubar um beijo amigo
pancada do pai levei...
Imagine o meu castigo
se eu fizesse o que pensei...
Saudações amigas do Olympio Coutinho



Márcia Aroeira Barbosa



FOTOS E FATOS


ENCONTRO DE COLEGAS
Glorinha Souza Lima, Dalva Mello, Lisis Caiaffa,Ir.Nair,Ir. Mª dos Anjos( Mére Gonzaga)                               
                            ESPAÇO ABERTO
É como um sonho encantado
que não termina jamais:
Ubá meu berço incrustado
dentro de Minas Gerais.
                                       Olympio Coutinho
__________________________________________________________________________
Este blog é para integração dos ubaenses. Mande suas notícias, fotos, mensagens...
Email: ubanoticias@gmail.com
___________________________________________________________________ 
Escola do Legislativo promove neste sábado o 4º Encontro de Formação Política



Escola do Legislativo promove neste sábado o 4º Encontro de Formação Política
O jornalista especializado em Marketing Político Eleitoral e Governamental, João Henrique Moreira de Faria, ministra palestra na Câmara Municipal de Ubá no próximo sábado, 25/07, das 14h30 às 17h30, com o tema “Marketing Político - Eleitoral e Governamental”.
O evento marca o 4º Encontro de Formação Política, realizado mensalmente pela Escola do Legislativo, e tem como público-alvo detentores de cargos políticos e seus assessores, além daqueles que pretendem se candidatar a esses cargos, e demais interessados no assunto.
O palestrante coordenou os cursos de pós-graduação em Marketing Político e em Marketing e Comunicação Corporativa das Faculdades Santo Agostinho, em parceria com a Escola do Legislativo da Assembleia Legislativa de Minas Gerias. Também esteve à frente de inúmeras campanhas para cargos Legislativos e Executivos e é consultor em mandatos Legislativos e Executivos.
As vagas são limitadas e as inscrições podem ser feitas pelo telefone 3539-5016, com Marcela ou Jardel. As atividades da Escola do Legislativo são gratuitas e há emissão de certificados.
CÂMARA MUNICIPAL DE UBÁ – cidadã, participativa e interativa.
Por Gisele Caires - Jornalista CMU
___________________________________________________________________
Como proceder para postar mensagem nos "Comentários" desta página:
-Clicar em "nenhum comentário"
-Clicar em "digite" (escreva na janela aberta)
-Clicar logo abaixo em "comentar como" (aparece várias opções - clicar em "nome/URL")
-Aparece espaço para colocar o nome da pessoa que fez o comentário
___________________________________________________________________


quinta-feira, 23 de julho de 2015

"UBÁ NOTÍCIAS" POSTAGEM Nº1405 - ANO 5

         
                         



Lígia Aroeira Ferreira


FIQUE POR DENTRO

MISS UBÁ NA OAB
Des. José Altivo Brandão,Lélia e Dr. Miguel Gasparoni, Dr. Luiz Cláudio, Nádia Micherif

Stéfhanie Zanelli, advogada  e Miss Minas Gerais, foi recepcionada na OAB - Ordem dos Advogados do Brasil/BH pelo presidente da entidade Dr. Luiz Cláudio.



Elza Marcato



EM DIA COM A NOTÍCIA

SAÚDE
Realizou-se a  9° Conferência Municipal de Saúde de Ubá, no dia 11/07. 
Seminário importante onde foram discutidas preposições sobre o serviço de saúde prestado a população ubaense além de promover a reflexão sobre as estratégias de fortalecimento e a implementação do Sistema Único de Saúde (SUS), buscando sua otimização.



Márcia Aroeira Barbosa



FOTOS E FATOS


AS ELEGANTES
                                            Elma Jacob e a filha Fernanda                                                        ESPAÇO ABERTO
É como um sonho encantado
que não termina jamais:
Ubá meu berço incrustado
dentro de Minas Gerais.
                                       Olympio Coutinho
__________________________________________________________________________
Este blog é para integração dos ubaenses. Mande suas notícias, fotos, mensagens...
Email: ubanoticias@gmail.com
___________________________________________________________________ 
Bolsas de estudo para 2015 estão disponíveis em Ubá

Estão abertas as inscrições para o Educa Mais Brasil, programa de inclusão educacional que disponibiliza bolsas de estudos de até 70% para estudantes que não têm condições de pagar o valor integral da mensalidade em instituições de ensino particulares. Em Minas Gerais estão sendo ofertadas mais de 41 mil vagas para o segundo semestre de 2015, distribuídas entre instituições de ensino de 156 municípios. Em Ubá há oportunidades para Graduação, Pós-Graduação, Cursos Técnicos, Cursos Profissionalizantes, Cursos de Idiomas e Preparatório para Concursos.
Os candidatos às vagas podem escolher entre os cursos disponíveis no site. “Ao conceder bolsas de estudo em diversas etapas do ensino, contribuímos para a capacitação de profissionais e por consequência de uma mão de obra qualificada. Esses profissionais certamente terão mais condições de colaborar para o crescimento econômico-social do país”, afirma Andréia Torres, Diretora de Expansão e Relacionamento do Educa Mais Brasil.
Para conseguir o benefício, o candidato deverá acessar a página oficial do programa www.educamaisbrasil.com.br e realizar a inscrição. Mais informações podem ser adquiridas na central de atendimento: Capitais e regiões metropolitanas 4007-2020 e demais localidades 0800 724 7202.
 Atenciosamente,


___________________________________________________________________
Como proceder para postar mensagem nos "Comentários" desta página:
-Clicar em "nenhum comentário"
-Clicar em "digite" (escreva na janela aberta)
-Clicar logo abaixo em "comentar como" (aparece várias opções - clicar em "nome/URL")
-Aparece espaço para colocar o nome da pessoa que fez o comentário
___________________________________________________________________


quarta-feira, 22 de julho de 2015

"UBÁ NOTÍCIAS" POSTAGEM Nº1404

         
                         



Lígia Aroeira Ferreira


FIQUE POR DENTRO

ANDRÉ CARRARA
Carrara mandando bala no IA | Foto: Augusto Maurer
Integrante da OSPA - Orquestra Sinfônica de Porto Alegre, o ubaense e pianista encantou a platéia com interpretações do compositor polonês Fréderic Chopin. 
Carrara deu personalidade clara e própria a cada quarteto das peças, apresentando um concerto de crescente densidade emocional.
Parabéns ao conterrâneo e aos seus pais Ângelo e Elazir Carrara.



Elza Marcato



EM DIA COM A NOTÍCIA

CULTURA
BLOG  RECOMENDA
"Anos Dourados na Terra da Manga UBÁ"
Autor: Cornélio ZampierTeixeira.
Mineiro de Ubá, onde fez seus primeiros estudos.
O livro mistura ficção com realidade..
São 69 histórias que percorrem terras ubaenses.

" O Tempo dos Telefones Que não Falavam" - é um dos textos saborosos do livro:

"Os leitores com menos de 50 anos não imaginam a dificuldade para se conseguir
uma ligação em Ubá. 
A gente tinha de tirar o aparelho do gancho e acionar uma manivela .  Minutos ou horas mais tarde, às vezes no dia seguinte, o telefone tocava anunciando que a ligação estava pronta.
No Banco da Lavoura, na Praça Guido e na Galeria Francisco Lauria, era impraticável falar ao telefone..."    
e por aí vai.  Com muito humor.



Márcia Aroeira Barbosa



FOTOS E FATOS



LINDOS IRMÃOS   
 
 KENITA E  ZACK são filhos de Joana e Leandro Farnetano Rocha.
 Netos da Laura Farnetano e do Marquinhos Rocha.  
                          ESPAÇO ABERTO
É como um sonho encantado
que não termina jamais:
Ubá meu berço incrustado
dentro de Minas Gerais.
                                       Olympio Coutinho
__________________________________________________________________________
Este blog é para integração dos ubaenses. Mande suas notícias, fotos, mensagens...
Email: ubanoticias@gmail.com
___________________________________________________________________ 
VÍDEO DO IRAN JACOB

Intitulado CARRO APERTADO É QUE CANTA – Fazendo da crise e das dificuldades, grandes oportunidades.
Imagem

Clique no link abaixo – São apenas 3 minutos...


https://youtu.be/1isq95DC-kM
___________________________________________________________________
Como proceder para postar mensagem nos "Comentários" desta página:
-Clicar em "nenhum comentário"
-Clicar em "digite" (escreva na janela aberta)
-Clicar logo abaixo em "comentar como" (aparece várias opções - clicar em "nome/URL")
-Aparece espaço para colocar o nome da pessoa que fez o comentário
___________________________________________________________________


terça-feira, 21 de julho de 2015

"UBÁ NOTÍCIAS" POSTAGEM Nº1403 - ANO 5

         
                         



Lígia Aroeira Ferreira


FIQUE POR DENTRO


LANÇAMENTO DE LIVRO

O escritor e poeta Hézio Geraldo Rodrigues de Andrade Filho, conhecido como Hezin Pão Moiado, lançou no último 18 de julho no salão de festas de sua residência o livro "Tutti Frutti - Salada de Letras". 
O lançamento também contou com a comemoração do aniversário do casal: Hezinho e Marieta. 
Um lançamento sui generis onde discursos, samba, dança e muita comemoração marcou a tarde de lançamento de mais um livro deste escritor querido e admirado pelos ubaenses.

Colaboração: Miucha T. Girardi



Elza Marcato



EM DIA COM A NOTÍCIA


RICARDO FILHO
Foto de Ricardo Filho.
O atleta do Tabajara Ricardo Filho sagrou-se campeão da categoria 4ª classe, na etapa de Viçosa do Circuito Esporte Legal de Tênis.
Ele enfrentou no final o tenista de Visc. do Rio Branco Lucas Batalha, ambos de 11 anos, e fizeram a final deste torneio, em que a maioria dos participante são adultos.
Ricardo vem tendo destaque nos torneios da região. 
Parabéns ao campeão e aos treinadores Ronan e Leandro.



Márcia Aroeira Barbosa



FOTOS E FATOS


CASAL QUERIDO
 
Hézio Geraldo Rodrigues de Andrade Filho e a esposa Marieta                                                    ESPAÇO ABERTO
É como um sonho encantado
que não termina jamais:
Ubá meu berço incrustado
dentro de Minas Gerais.
                                       Olympio Coutinho
__________________________________________________________________________
Este blog é para integração dos ubaenses. Mande suas notícias, fotos, mensagens...
Email: ubanoticias@gmail.com
___________________________________________________________________ 
CRÔNICA - DR. JIVAGO
Ronaldo Mazzei       
       Nos anos 1960 meia dúzia de  senhoras ubaenses ousaram e implantaram a saudável iniciativa de excursionar por este Brasilzão afora. E tome BH, Rio, Ouro Preto, capitais do Norte e Nordeste, descendo até as fronteiras, ali onde o Brasil “põe um pé no Uruguai e o outro na Argentina, se assenta  no Paraguai e ainda coloca um braço no Peru; tem as Guianas por boca...” são versos do inesquecível conterrâneo Paulo Alvim. Paro por aqui, mas a rima final é deliciosa. Depois eu conto o resto, pode dar briga.
     E rodaram e rodaram por estas estradas nada convidativas. Qualquer acontecimento que chamasse a atenção e lá estavam as madames contratando o ônibus e viajando lépidas e fagueiras. Diversão total em busca de novos ares. Show do Roberto Carlos no Canecão? Lá iam elas aplaudir o ídolo. Peça teatral em BH? Como num passe de mágica lá estavam a beber cultura na fonte no Palácio das Artes, enfeitando a platéia, chiquérrimas que eram.
     E o movimento se espalhou e a cada dia novas passageiras se candidatavam a uma aventura. Tantas apareceram que a solução foi contratar um segundo ônibus. Euforia total.
     Corta pra ontem. Omar Sharif partiu para o oriente eterno. A morte do astro aos 83 anos, protagonista do sucesso “Doutor Jivago” (1965), com o qual o ator egípcio, celebrizado por sua atuação levou pra casa um Globo de Ouro –outro filme seu que passou para a história foi “Lawrence da Arábia” (1962) e a fama que o eternizou na memória dos fãs.
     Ao ser lançado no Rio de Janeiro, “Doutor Jivago” lotou os cinemões de então no Centro e na Zona Sul. Filas imensas varavam quarteirões enquanto edições do livro que originou o filme não esquentavam as prateleiras das livrarias. E novas levas eram encomendadas e rodadas a toque de caixa nas rotativas. E a imprensa escrita, com a TV dando seus passos iniciais e aproveitando a onda, pautava o povão ávido por novidades cinematográficas.
      E aí não deu outra. Foi um corre-corre atrás de passagens para uma excursão ao Rio para assistir o sucesso do momento. A solução foi contratar o terceiro veículo e contam os mais antigos que um quarto estava a caminho. E lá foram elas rumo à Corte. Tão animadas que encomendaram ao artista Carmindo Durso a pintura de seis faixas devidamente dependuradas nas laterais dos ônibus: “Ubá saúda Doutor Jivago”
___________________________________________________________________
Como proceder para postar mensagem nos "Comentários" desta página:
-Clicar em "nenhum comentário"
-Clicar em "digite" (escreva na janela aberta)
-Clicar logo abaixo em "comentar como" (aparece várias opções - clicar em "nome/URL")
-Aparece espaço para colocar o nome da pessoa que fez o comentário
___________________________________________________________________


segunda-feira, 20 de julho de 2015

"UBÁ NOTÍCIAS" POSTAGEM Nº1402 - ANO 5

         
                         



Lígia Aroeira Ferreira


FIQUE POR DENTRO



SARAH  YSMAN JACOB Foto de Adriana Jacob.
A linda ubaense passou no vestibular de Medicina na UNIRIO.
Sempre estudiosa e dedicada aluna, Sarah é merecedora desta conquista.
Parabéns a jovem e a seus pais Iran e Adriana Jacob.

Colaboração: Eliane Aroeira B. Martins 



Elza Marcato



EM DIA COM A NOTÍCIA

    STEFHANIE ZANELLI                                                                                             
Candidata da cidade de Ubá conquistou os jurados e representará o estado no Miss Brasil 2015.
Vitoriosa quer aproveitar o título para alavancar carreira de modelo.
O evento aconteceu dia 15, no palco do Espaço Domus XX, em Nova Lima.
Advogada de 25 anos, conquistou os jurados nos quesitos beleza, traje de noite, banho e festa, além de altura e conhecimentos gerais.
Mestre de cerimônia: Rafael Cortez
Organização:  José Saad Duailibi e Driely Bennettone
Parabéns a bela conterrânea!

Fonte: Jornal Metro/BH



Márcia Aroeira Barbosa



FOTOS E FATOS


RECORDANDO...

Claúdio Rocha, Marina Mauad, Loreto Camiloto, Zé Carlos Campanha, Cosminho Campanha, ......., Ana Maria Rogério
Foto de: Marina Mauad                     
                            ESPAÇO ABERTO
É como um sonho encantado
que não termina jamais:
Ubá meu berço incrustado
dentro de Minas Gerais.
                                       Olympio Coutinho
__________________________________________________________________________
Este blog é para integração dos ubaenses. Mande suas notícias, fotos, mensagens...
Email: ubanoticias@gmail.com
___________________________________________________________________ 
                        Uma cidade civilizada
                                                                          José Daniel Machado 
                  Saí para assistir Uma vez em Tóquio, de Yasujiro Ozu, na Mostra de Cinema Japonês no Cine Humberto Mauro. Peguei o Gameleira e sentei no banco dos idosos ao lado de um homem de calça bege e corrião de couro. Enquanto a cidade se exibia na janela eu pensava na passagem do tempo e na chegada da velhice. Na frente, atrás da divisória do motorista, o Jornal do Ônibus informava que é civilizado carregar os objetos de mão dos passageiros em pé e não soltar pum dentro de ônibus. Entre os desaparecidos havia um homem com olhar de cachorro são Bernardo, um rapaz magro com cabelo desgrenhado e uma mocinha que pegou o trem para Governador Valadares. Dramas pessoais que representam a tragédia de cada um.
               Como tinha tempo, não desci no Palácio das Artes e segui até a Praça Sete. Na parte debaixo da Rio de Janeiro uma pastelaria fazia promoção. “Será que como um de carne com garapa?”, pensei, preventivamente, considerando que os filmes japoneses costumam ser longos. O anúncio dizia: Três pastéis por R$ 3,00. “Três são muitos, um é pouco”, avisou o estômago. Pensei: “como dois e dou um ao primeiro mendigo que encontrar”.
                Pedi à caixa: “três pastéis e um caldo de cana pequeno, por favor”. “Quatro Real”, disse a moça enquanto olhava o celular. Dei uma nota de R$ 5,00. A funcionária fez a conta na calculadora e me deu um Real e a ficha.
                “Vai comer ou vai levar?”, perguntou a garçonete, sem parar de reclamar dos homens com a colega que revirava pastéis na gordura hidrogenada. “Vou comer e levar – um de queijo, dois de carne e um caldo pequeno”, respondi com um leve sorriso.
                  A funcionária desiludida com o amor enfiou os pastéis num saco de papel e colocou no balcão perto do copo de garapa. Satisfeito, pedi para colocar o saco engordurado num plástico para eu levar para o mendigo. Pendurei a sacolinha no mindinho e fui para a Praça.
                 Ao redor do pirulito a correria de sempre - gente pra lá e pra cá correndo atrás de finalidades, que podem ser entrevista de emprego, tratamento de cárie, reunião com advogado para cuidar da intimação, comer uma coxinha com refresco de uva. Atento, atravessei a Amazonas e fui ao Café Nice. Vi beneficiado da campanha antimanicomial brandindo uma Bíblia ensebada e pregando aos berros  a salvação em Cristo; vendedor de chips; retratista para carteira de identidade; corretor de empréstimoconsignado; soldado a cavalo; negociante de relógio velho; jogadores de dama e sapos; velhos trocando reminiscências do tempo do Cafunga. Não vi mendigos com fome.
                Coloquei o pastel em cima do balcão e pedi um cafezinho. “Adoçante ou açúcar”, perguntou a garçonete sorridente e apressada. Pinguei cinco gotas e tomei devagarzinho o café de coador. Ao meu lado direito, um funcionário aposentado tomava café com um amigo que poderia ser ex-colega do curso de contabilidade e confidente na época em que os dois queriam casar. Colocavam a conversa em dia. Um, tinha três netos e jogava sinuca aos sábados. O outro, mais careca, era ministro da eucaristia, viúvo e torcedor do América. Saíram felizes com o encontro casual e preocupados com a situação do Brasil. Do lado esquerdo, o sujeito era esquisito e tinha cara de rufião.
              Peguei o pastel e atravessei a Afonso Pena imaginando que seria mais fácil encontrar mendigo do outro lado. Perto dos hippies, no lado de cima da Rio de Janeiro, cinco garis varriam a Praça pela quarta vez naquele dia. Catavam sobras de ilusões em ponta de cigarro, resultado de loteria, anúncio de emprego, bilhete de namorado que preferiu outra, embalagem de Sonho de Valsa, escarro de fel. Pensei em oferecer o pastel para elas, mas as varredouras só olhavam para o chão. Fui em frente com o meu pastel. Entrei num banco para tirar uns trocados e, paciente, o pastel ficou esperando em cima do caixa eletrônico. Tomei a calçada em direção à Igreja São José, lugar onde os mendigos costumam esperar pela misericórdia cristã. “Dentista, primeiro andar, orçamento sem compromisso. Dentista, primeiro andar, orçamento sem compromisso...”, gritava com voz forte uma moça de olhos vidrados encostada na parede.
          Na igreja do carpinteiro não tem mais mendigos. Na lendária escadaria, que acolhia indignadas manifestações dissolvidas a cassetete, namorados trocavam beijos no intervalo do café, sonhando com um altar de qualquer devoção. Continuei com o meu pastel de estimação na esperança de encontrar um miserável na porta da Prefeitura, dos Correios, da Receita Federal, do Automóvel Clube ou do Tribunal de Justiça.
          Mas, os mendigos estão sem esperança. Na Prefeitura, pensei em perguntar a um assessor aonde eles colocaram os desesperados. Desisti, os assessores estão assessorando e não têm tempo para dar explicações. “Será que eles criaram um mendigódromo?”, pensei fazendo uma piadinha sem graça. Nos Correios, nada. Na Receita Federal, os mendigos sabem, o dinheiro entra pela porta da frente, vai para Brasília e sai por ralos obscuros. Na calçada do Automóvel Clube tem uma confortável marquise para acomodar uma família, mas, tem também, seguranças competentes para afastar a catinga. Suas Excelências do Tribunal de Justiça - aliviadas com o auxílio moradia - ocupadas com a carreira e casos jurídicos interessantíssimos, só conhecem miseráveis da janela dos carros pretos com placa de bronze  e no escurinho do cinema.
Cheguei ao Palácio das Artes com o meu amigo desprezado. Na porta tinha um segurança sonolento com cara de enfaro de comida e da vida. Pensei em oferecer o salgadinho, mas fiquei com medo dele me mandar enfiar o pastel naquele lugar. Desci a escada com a incômoda sacolinha.
           Entrei na Livraria do Palácio para dar uma filada na orelha dos lançamentos. De livro em livro, o pastel se ilustrou um pouquinho. “Será que Proust gostava de pastel ou só de madeleine?”, imaginei na seção de literatura estrangeira. “Deixa de pensar bobagens e vamos para o jardim esperar o filme começar”, falei para mim mesmo.
           Sentei num banco virado para o Parque Municipal e abri os sentidos para apreciar a pluralidade simultânea do entorno. Percebi verdes e gatos preguiçosos; canto de passarinho e buzina de carro; cheiro de grama e mijo humano. Meu corpo se espremia no banco de ripa e a boca ainda tinha um fiapo de gosto de café. “Pena que os gatos do Parque Municipal são meio pastéis, só comem ração”, raciocinei desolado com a impossibilidade de dar um destino honrado ao meu pastel. Estou acuado: jogo no lixo ou como? Jogar comida fora é pecado; comer por gula também. Coitado do Hamlet, “comer ou não comer, eis a questão”.
           Peguei o bilhete grátis e entrei no cinema como se estivesse carregando um pacote de pipocas. Sem preliminares, o filme começou. A obra-prima de Ozu narra com delicadeza o drama de um casal de velhos visitando os filhos em Tóquio. Amparado apenas pela nora, viúva do filho morto, e desprezado pelos demais, o casal volta para casa, solitário e entristecido. No momento em que a velha morre e comovido com a beleza do filme comecei a sentir uma ligeira fome, esta velha conhecida que bate na porta sem cerimônia. Com o tempo ela foi passando na frente da poesia e da filosofia. Comi.                                _________________________________________________________________
Como proceder para postar mensagem nos "Comentários" desta página:
-Clicar em "nenhum comentário"
-Clicar em "digite" (escreva na janela aberta)
-Clicar logo abaixo em "comentar como" (aparece várias opções - clicar em "nome/URL")
-Aparece espaço para colocar o nome da pessoa que fez o comentário
___________________________________________________________________